terça-feira, 31 de maio de 2011

Gato com GPS

Quem nunca teve um gato fujão? E por que ninguém fez isso antes?

Por causa dos longos e frequentes sumiços do seu gato KooKoo, Mark Spezio decidiu pesquisar uma forma eficiente e barata de acompanhar e registrar os passeios felinos. Foi assim que ele teve a simples e brilhante ideia de acoplar um pequeno GPS logger na coleira do pequeno aventureiro.

Depois de suas caminhadas, KooKoo voltava para casa e Mark transferia os dados para o computador. Dessa forma pôde perceber hábitos e descobrir os lugares preferidos de seu gato, incluindo alguns telhados e um reservatório de água de chuva, onde passou a buscá-lo quando o passeio começa  ficar muito demroado. Gênio!

Veja aqui o vídeo sobre a experiência.

Um comentário:

  1. Eu já tive um gato fujão, na verdade ele não era fujão, é que seu território era extremamente amplo e variado...várias vezes encontrei com ele pelo menos a 3 quarteirões de casa (mas era um lugar muito tranquilo) deitado em cima de um muro ! Ele também frequentava os quintais dos vizinhos, inclusive dos que odiavam gatos...
    Achei uma ótima ideia esse GPS.
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir