quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Consulta Chava: Lambeção Compulsiva.



Ontem fomos levar a Chava no veterinário, eu, Wyll e o Paulo, fiquei muito contente e satisfeita com o atendimento e vou contar pra vocês como foi.



O Dr. Marconi é bem atencioso, e faz um ótimo diagnóstico. Ele fez várias perguntas, sobre a situação física da Chava, sobre o comportamento dela, sobre o ambiente que ela vive, sobre os outros gatos, sobre os sintomas, etc. Em seguida ela foi examinada detalhadamente, foi fotografada, foi examinada com uma  Luz especial, foi feita a coleta de tecido para descartar fungo e sarna, etc. A Chava foi uma amorzinho durante todo o atendimetno, ficou quetinha, até na coleta de tecido, que é bem dolorido porque a pele é raspada até sair um pedacinho, ela reclamou que estava doendo, mas não aranhou, não brigou, não tentou fugir, um verdadeiro docinho, e depois do exame ficou o resto da consulta deitadinha no meu colo ouvindo o Dr. falar.


O Problema

O resultado dos exames saiu na hora, negativo para sarna e fungo. O que está causando essa falha na pelgem dela é ela mesmo, ela apresenta um quadro de:  Lambedura Compulsiva, ela se lambe de forma maníaca ocasionando a quebra dos pêlos, os pêlos não caem, mas devido a lambeção constante com a língua áspera os pêlos se quebram.

A Causa

O Dr. Nos explicou que a causa disso é a Ansiedade, e pode ter uma série de fatores:

Chamar a atenção do dono, esse quadro é mais comum em cães, o cachorro se lambe compulsivamente na tentativa de chamar a atenção do dono, muitas vezes ele para quando o dono chama a atenção, mas assim que ele vira as costas ele volta a se lamber compulsivamente.

Fobia/ Medo, o animal se lambe porque está com medo, ele fica com medo dos outros animais o que ocasiona a lambeção.

Hierarquia, ele está disputando hierarquia com os outros animais, dentro dessa disputa ele pode se ver em uma situação problemática, como não aceitar que outro animal esteja sobre ele na hierarquia e assim entrar no quadro de lambeção compulsiva.

Territorialismo, os gatos são animais que costumam viver sozinhos, não em grupo, assim eles estabelecem seu território e agem de forma a tentar expulsar aqueles que estejam invadindo seu território, quando eles tentam estabelecer esse território e afastar os demais sem sucesso isso pode causar a lambeção compulsiva.

Mudança de ambiente, alguns animais apresentam a lambeção compulsiva quando mudam de ambiente, a tendência do gato é se adaptar ao novo ambiente  e com o tempo o quadro de lambeção desaparecer,  mas em alguns casos isso não acontece e alguns animais chegam e ir embora a procura do antigo lar.

Ausência, a ausência também é causa para lambeção compulsiva, embora seja mais comum em cachorros, a ausência do dono ou de um companheiro pode causar grande ansiedade no animal.


De acordo com a avaliação do Dr. Marconi o que a Chava apresenta é ansiedade causada por territorialismo, ela não aceita a presença dos outros gatos no ambiente dela, ela tenta expulsa-los, mas sem sucesso, ela sempre tem lugares específicos que costuma ficar e fica muito irritada quando os demais se aproximam e  quando ela está na nossa presença procura ficar perto e fica nervosa quando outros gatos se aproximam, demonstrando que nós pertencemos a ela.

O Tratamento

Nesses casos o tratamento psicotrópico é ministrado de maneira a eliminar a ansiedade e assim eliminar a lambeção compulsiva, mas um tratamento assim a deixaria dependente para o resto da vida, e são remédios fortes, de uso controlado, o que a deixariam, usando uma expressão minha, meio “grog”, e não é isso que queremos e o médico também não recomenda, isso só se aplica a casos primários, onde a causa não é a ansiedade. Então o que fazer?

Primeira coisa, ela inicialmente terá que tomar remédio sim, uma remédio fraco e de dosagem baixa, porque é preciso interromper a mutilação que ela está causando a si mesma rapidamente, ela terá de ser separada dos outros gatos imediatametne, mas é temporário. 

O segundo passo será uma reintrodução dela com os outros animais, o que não será simples, o Dr. Marconi nos encaminhou para o Prof. Paulo Parreira que é especialista em comportamento animal, ele vai nos passar todos os procedimentos para fazer a reintrodução, vai ser bem demorado e difícil, mas estou confiante, o Dr. Marconi nos disse que todos os casos que ele encaminhou para o Prof. Paulo Parreira, que não eram casos primários, tiveram um bom resultado.

Chava já está em cômodos separados dos outros gatos e está tomando a medicação, agora é observar a melhora dela e marcar a consulta com o prof. Paulo Parreira.

Obs.: Obrigada amais uma vez Paulo pela grande ajuda.

Beijos

Nai

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Chava


Como vocês sabem a Chava está com aquela queda de pêlos que vem piorando, nós estamos quase certos de que é stress, mas não levamos ela na vet ainda,  então tudo é uma suposição, estávamos priorizando o tratamento da Julie, mas ver a Chava ficar cada vez pior é desesperador, vejam nas fotos, só aparece um lado, mas os dois lados estão assim e na barriga já caiu toda a pelagem,  agora está caindo nas costas também.



Por vezes pensamos em levar primeiro a Chava no veterinário, mas teríamos que adiar a Julie, porque ela teria que fazer exames, consulta especializada, etc.

Mas eu tenho uma notícia maravilhosa: a Chava ganhou o tratamento, isso mesmo, uma pessoa muito especial, um amigo muito querido vai pagar o tratamento dela. Ela vai consultar com o Dr. Marconi Rodrigues, que é responsável pelo atendimento de dermatologia e alergologia da clínica Dermatovet.

Esse nosso amigo, o Paulo, vocês já ouviram falar dele aqui e aqui no blog, ele é o Papis da Tita e da Pipoka, Tita é a filha da Chava, nós o conhecemos porque ele procurava um gatinho para adoção, e assim nos tornamos grandes amigos, eu sempre vou na casa dele cuidar das gatinhas, ele já veio aqui em casa conhecer minha família felina, e foi assim que ele conheceu melhor a Chava e resolveu nos ajudar. A Chava vai consultar nessa quarta-feira, depois da consulta venho contar aqui como foi.

Quero deixar meu agradecimento para o Paulo, na verdade nem sei como agradecer, acho que só palavras não demonstram o quanto isso é importante para nós, amamos de mais nossos filhos felinos, são a coisa mais importante do mundo pra gente, e isso que o Paulo vai fazer pela Chava é o melhor presente do mundo. Na verdade acho que a melhor retribuição para o Paulo será ver a Chava melhorar, ele gosta muito dela, disse que ela o cativou muito quando ele esteve aqui, ele já tinha pensado em adotá-la, mas como ela tem esse problema de relacionamento com outros gatos, e a Pipoka, gatinha dele que já um senhora, também tem problemas de relacionamento, acabou que desistimos da idéia. Além disso, eu e o Wyllian nos apegamos muito a Chava, acho que não conseguiríamos doá-la para ninguém, nem mesmo para o Paulo que é um dos melhores adotantes do mundo.

 É isso, quanto a rifa da Julie, está indo bem, na verdade recebi um depósito recentemente mas a pessoa ainda não entrou em contato comigo para escolher os nomes, é uma valor alto, praticamente vai terminar a rifa, poderemos fazer o sorteio logo. De qualquer modo pretendo levar a Julie na veterinária semana que vem, para fazer os exames e começar o tratamento.

Obrigada a todos

Beijos

Nai

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Video da Julie / novidades e atualização da rifa.



Muitas pessoas estão me perguntam como está a Julie, hoje resolvi fazer um vídeo dela. Ela não está muito bem, anda sem apetite, e não está levantando quase, acho que sente muita dor. Foi díficil fazer ela levantar um pouco para mostrar a patinha dela, vejam:





Para quem não sabe ou não lembra sobre o caso da Julie, vou falar um pouquinho: Ela começou a ter dificuldade para andar e sentir dor par andar e levantar, algumas vezes gritava quando tentava levantar, segundo a Dra. Lilia da Clinivet, ela está, possivelmente, com o ligamento cruzado rompido em uma das patinhas, se for confirmado terá de fazer cirurgia, mas para isso precisa fazer alguns exames como uma radiografia sedada, ela também tem grande chance de estar com artrose. Além disso, ela, possivelmente, tem uma doença hepática: hiperdrenocorticismo, um dos motivos de  possuir a parte abdominal tão inchada. Essa doença, além de muitos problemas, causa o enfraquecimento de ossos e juntas o que pode ter contribuído para a lesão na perna, para diagnosticar devidamente e tratar essa doença é necessário fazer alguns exames incluindo uma ecografia exploratória. Ela também está fazendo dieta, por recomendação da vet,  percebi que ela emagreceu um pouco, mas o abdômen continua bastante inchado.

Enfim, quem puder ajudar comprando um nome da rifa, ou divulgando eu agradeço muito e a Julie também.

A rifa está com uma novidade, a Marília, do Blog Diário de uma Garota, vai fazer um sorteio especial entre aqueles que comprarem a rifinha. Ou seja, além de concorrer aos prêmios da rifa, quem não ganhar terá uma segunda chance de ser presenteada. O prêmio que a Marília vai sortear será uma webcam e um estojinho de maquiagem.

Marília, muito obrigada por essa ajuda, pelo incentivo para que as pessoas comprem a rifinha. Sabe que eu gostaria que todos que ajudam recebessem um prêmio, mas como  isso não é possível, um segundo presente para sortear será maravilhoso.


Agora a atualização da rifa:



 Lembrando que as contribuições podem ser feitas na minha conta do Banco do Brasil: AG: 4638-8 C/C:34934-8, nome: Nailane Koloski.

Quem quiser comprar e tiver dificuldades para fazer depósito pode contribuir pela vakinha online, que também aceita cartão.

Clique na imagem para acessar

Depois de contribuir é só me mandar um e-mail dizendo qual o nome que você escolheu: nailanek@hotmail.com

Os prêmios são esses:




Veja mais detalhes AQUI.

Obrigada a todos.

Beijos

Nai