quinta-feira, 31 de julho de 2014

Balin!!

Ainda não contei a história do Balin por aqui... Ele está comigo já faz alguns meses.





O que aconteceu foi que a "Irresponsável" por ele, que mora aqui perto de casa, me procurou para perguntar sobre a Shelly, porque algum vizinho disse que eu tinha uma cachorrinha que era paraplégica. E o Balin (que nem tinha nome, ela chamava de bebê) começou a arrastar as patinhas de trás, isso já fazia uma semana mais ou menos. Eu disse pra ela que não sabia a causa e que só o veterinário poderia avaliar. Ela me disse que já havia levado em um veterinário, que havia receitado um remedinho e queria cobrar R$150,00 para sacrificá-lo, e ela estava achando muito caro, disse que ia pedir pra um amigo do marido que era policial dar um tiro nele. Eu argumentei, claro,  disse que precisava de um veterinário bom, porque ele poderia voltar a andar e se não voltasse poderia viver com a cadeirinha, como a Shelly, e eles vivem bem com a cadeirinha... mas não tinha jeito, ela disse que não ia cuidar, que ele estava mijando e fazendo coco por tudo, entre outras coisas...Vejam o nível... Isso que ela estava com ele desde bebezinho, e já faziam 6 anos, além de ser uma família que estava visivelmente em boa situação financeira... Não dá pra acreditar....

Em resumo, eu levei ele no veterinário, ele teve uma hérnia de disco, muito comum na raça dele, ele perdeu o movimento porque já estava em um grau muito avançado, provavelmente ela não percebeu os sinais que o cachorro demonstrava no inicio, sentia dor, evitava subir em alguns locais, etc. Se ele fosse ao veterinário e fizesse a cirurgia em até 48h depois da perda de movimento seria 90% de chances de ele voltar a andar, mas como já havia passado mais de uma semana, as chances eram muito baixas, mesmo assim consegui ajuda e ele fez a cirurgia.


 No veterinário, sendo avaliado pelo Dr. Fernando, neurologista da Clinivet.

 Indo pra casa depois da alta.

O pós-operatório foi bem complicado, ainda mais pra ele que não para quieto...
 Magrinho na foto... hj está bem gordinho...

 

Ele fez fisioterapia e acupuntura por algum tempo. A recuperação está sendo bem lenta, ganhou a cadeirinha de rodas, apesar de já estar desenvolvendo um andar ele ainda cai muito e pode se machucar, mas agora está parando de usar a cadeirinha de rodas...

 Shelly  e Balin na fisioterapia e acupuntura.

Veja como ele está:

video
video

Gostaram do Balin? Ele é uma figura muito engraçada, muito querido, mas muito rabugento. E logo estará andando... Vamos torcer.

Beijos

Nai

Um comentário:

  1. Aiiii Nai você tem idéia da raiva que este tipo de história me causa? Gente 'maldita: que faz isto, só desejo um asilo fedido e total abandono no final da vida desta pessoa. E quanto a você, parabéns pela grandiosidade em cuidar dele. Bjs

    ResponderExcluir